Tuesday, April 17, 2007

Burns Night...



No dia 27 de janeiro comemoramos a Burns Night. Mais uma das tradições escocesas que conhecemos com nossos amigos da igreja. Para saber os detalhes desta comemoração, ou até mesmo para aprender como preparar a sua própria festa, sugiro uma visita na Wikipedia (link no final do post). Agora, se você se contentar com minha explicação... aí vai.

Robert Burns (ou Rabbie Burns, como é carinhosamente chamado pelos escoceses) é o maior poeta da Escócia. Ele nasceu em 1759 e morreu com 37 anos de idade. A maior parte da sua obra foi escrita em inglês, mas ele também é famoso pelos versos escritos em “Lowland Scots”, uma das línguas originais da Escócia, que ainda é diferente do “Scottish Gaelic” falado nas Highlands. Seus textos variam desde pesadas críticas políticas à contos cômicos. Confesso que nunca tinha achado graça em ler poesia em inglês, mas agora comecei a gostar por causa do estilo deste nosso amigo. Roby Burns é um dos heróis da Escócia. Por isso, a data de seu nascimento é celebrada por Scots no mundo inteiro. Geralmente no sábado mais próximo do dia 25 de janeiro os escoceses preparam um jantar cheio de cerimônias. Vamos a elas:

Primeiro, o jantar deve ser organizado na casa de um escocês, que convida seus amigos para a festa. Tudo começa bem devagar, com os convidados assentados em volta da lareira comendo tira-gosto e degustando diversos tipos de whisky (escocês, é claro). Chegada a hora da refeição, o anfitrião chama os convidados à mesa para a entrada do prato principal, a estrela da noite, o Haggis!

Vamos abrir um parênteses para explicar o que é o Haggis. Tradicionalmente, é um embutido que leva miúdos de cordeiro (fígado, coração, rins e pulmão!) moídos com cebola, especiarias e aveia. Com essa farofa (vamos dizer assim) você recheia o estômago do cordeiro (pensou que ele fosse ficar de fora!?) e cozinha por horas em fogo brando. O recheio vai inchando, inchando e o estômago vai crescendo como uma bolsa. Já está com água na boca, aposto! Claro que este é o jeito antigo de se preparar um Haggis, hoje você simplesmente compra ele pronto no supermercado (e o estômago foi substituído por um tipo de saco plástico), é só cozinhar. Aí vai outra confissão: Lilian e eu provamos e aprovamos, muito saboroso (mas ainda vou demorar pra provar a buchada de bode no Brasil, o parente mais próximo do haggis).

Fechando o parêntesis, voltemos ao jantar. Todos sentados à mesa se preparam para a entrada do Haggis. A travessa entra na sala precedida por um escocês marchando e tocando gaita-de-fole (bagpipes). Atrás dele vem a dona da casa com a travessa, que é colocada no centro da mesa. Terminada a música, o anfitrião lê uma oração de agradecimento pelo alimento (também escrita por Burns) e chama o convidado de honra para o momento mais esperado da noite: o corte do Haggis! O convidado se levanta e começa a declamar uma poesia de Burns, escrita em inglês de 1700, chamada “Address to a Haggis”. As emoções afloram e a alegria escocesa culmina quando o convidado desembainha sua faca e corta o Haggis na metade em um único movimento, no momento exato da leitura dedicada a este prato maravilhoso (!). Um último comentário, eu era o convidado de honra.

Daí pra frente o jantar prossegue normalmente, acompanhado de vegetais (neeps and tatties), whisky e música escocesa. Terminada a refeição, todos voltam para a sala e começa a sessão leitura. Vários poemas de Burns circulam de mão em mão pela sala, onde todos os convidados lêem entusiasmados os versos deste ilustríssimo autor. Claro que a maioria não entende nada: o texto de 1700, declamado por um brasileiro, forçando um sotaque escocês soa como qualquer outra coisa, menos poesia. Brincadeiras a parte, recomendo a leitura de um lindo poema chamado "A Man's A Man for A' That". Nos divertimos e também aprendemos muito nesta noite.

Rapidamente, um resumo para você que acompanhou as fotos: Lá em cima você vê as meninas com seus olhos furiosos porque foram flagradas ensaiando um poema; depois vem o nosso delicioso Haggis logo após eu ter desferido o golpe final; uma seleção de especialidades escocesas sobre a mesa; uma seqüência do Guto tentando tocar bagpipes; finalmente, um legítimo highlander mestre na arte; e nossos amigos proporcionando uma magnífica discussão entre Einstein e Da Vinci.


Burns Night
London
27/01/2007

Link para os curiosos:
Wikipedia: Burns supper

Os poemas que citei no post:
Address to a Haggis
A Man's A Man for A'That

7 comments:

Bresslau said...

Ensaiando poema elas estavam, sei... E o flagra não foi muito flagra não, pelo jeito.
Aliás, falando em escócia, devido ao último produto que desenvolvi, tive um pouco de contato com a cultura, principalmente Highland Bagpipe Music.
Saca só:
http://hohner.eu/index.php?1097
E ganhei um amigo:
http://www.donald-black.com/

Abraço forte,
Bresslau

Sheilocas said...

Muito legal, Guti! O que vcs tem aprendido não tem preço! Li o poema. Um pouco difícil, mas muito bonito mesmo. E esse estomago... hmmm.. me lembrou de uma cena daquele filme Seven( eca). Brincadeiras a parte, é sempre muito bom saber de vcs! Continuem a nadar, e venham logo pra gente assistir Shrek the third!!!
Bjos!
Sheilocas

Anonymous said...

Oi filhos queridos
Puxa, que comemoração esquisita... mas achei divertido pensar no ritual todo. Mas confesso que não fiquei com água na boca. Fiquei sim foi com uma saudade enorme vendo vc "tentando" tocar bagpipe ao invés de cello...rs...rs...
Beijos
Mom

Lourdes said...

Que comemoração original! e parece ser bem divertida, mas o cardápio...
Um beijão pra vocês, queridos!

tia Lourdes

Anonymous said...

Bilili...
E eu achando q vc tinha ido pra Londres pra trabalhar!!!! so come e agora ta arriscando nas musicas escocesas e poemas de Burns?!...rsrrsrs...
Gente, quem diria que aquele garotinho q so cantava "galopeeeeeeeeeeeira nunca mais te esquecereeeeeeeei" estaria ai hj e levaria a Senhora Assi junto!...rs...
SAUDADES...TE AMO
bjinhus
Kaka e Maggie (sempre, ue!)

Karen said...

Hj viemos deixar um beijo pra Li... as Liletes que mandaram!!!...rsrsrs... BJOS... Kaká e Maggie

larissa said...

e ai familiaaaaaaaa??? nossa..quanto tempo!? ta cada vez mais dificil falar com vcs!! ai Li...adoro tuas fotos de boina!? hahahahaahah e Guti-guti....que saudaes do sol verde e amrelo heinm!! ahahahaahhaa que sabe a gente nao tamo ate um sol na laje quando vcs chegarem? sabe...tem uns chnelos daqui bem famoso...uma tal de havaianas....o pessoal gota muito.....quando cs vierem podem conhecer e usar pra tomarsol no quintal la de casa!! hehehee
mas de resto...blz ai com vcs? nossa...aqui ta uma corriria!!! como te disse...preciso ainda te contar dos projetos de iniciacao cientifica....vamos ver se vaiser aprovada...estou esperando sair o resultado....qq hira no falamos mais....mande beijos pra Li...e sera que ela ja me desculpou??? ehhhehehehehheheeh bjs saudade...amo vcs!